9 melhores restaurantes Muka

E Farinha, na zona leste de São Paulo, é conhecida pelo Juventus, pela paixão pelo bairro e claro pela diversidade cultural e gastronômica. Com raízes italianas e portuguesas, esta região oferece uma variedade de opções gastronómicas, desde pratos tradicionais italianos e portugueses à cozinha árabe, sem esquecer os excelentes bares e pubs.

Para os amantes da culinária italiana, a Mooca é o lugar perfeito para experimentar a autêntica pizza napolitana e massas artesanais. Os apreciadores da gastronomia portuguesa podem deliciar-se com pratos tradicionais como o bacalhau bravo e a caldeirada à portuguesa. Confira a seleção abaixo Gosto onde comer na área de Muka.

A Pizza da Mooca, um dos estabelecimentos mais tradicionais da região, é especializada em pizza napolitana. O ambiente acolhedor e os funcionários simpáticos fazem do restaurante um óptimo native para jantar com a família ou amigos. A pizza é feita com ingredientes frescos e de alta qualidade e o forno a lenha confere à pizza um sabor crocante único. O cardápio de pizzas é variado, desde as tradicionais margherita (R$ 46) e calabresa (R$ 51) até opções mais criativas como a carbonara (R$ 52) ou a Gorgon Ramzi (R$ 52).

Onde: R. da Muka, 1747, Muka. 2601-4653. 18h00/23h00 (sexta e sábado até às 23h30, domingo até às 22h30).

Flagship Pizza da Mooca, Margherita

Em uma casinha simples, tão aconchegante quanto os sobrados das nonnas do Muka, você encontra a Onesttá, outra boa pizzaria do Muka. Aqui se aprecia a torrefação tradicional: massa fina e estaladiça, com fartura de recheios e sem invenções especiais de sabor. Muito saborosa Margherita (39 reais, pequena) com muito queijo, Portuguesa (38 reais, pequena, com molho de tomate, mussarela, presunto cozido, ervilha, cebola, ovo) e Pepperoni (38 reais, pequena) $38, pequena), completa de sabor e mostra como se faz bem o simples. Para beber, peça um chá caseiro (10 reais): doce e vai bem com pizza.

Onde: R. do Oratório, 113, Mooca. 2268-4865. Todos os dias, 18h/23h.

Citando os imigrantes que ajudaram a construir o bairro de Muka, a Hospedaria é um dos restaurantes mais concorridos, com filas de mais de uma hora nos finais de semana. A introdução começa com uma atmosfera que lembra os tradicionais celeiros de bairro, com mesas largas e pé-direito alto. A comida, por sua vez, é inspirada nos pratos do cotidiano dos imigrantes italianos. O cardápio inclui strogonoff de carne (66 reais), nonna à parmegiana (com empanado angus, molho ao sugo e requeijão semiduro na brasa, 132 reais) e risoto imigrante, clássico da casa feito com arroz de agulinha. com creme de abóbora, costelinha de porco, ervilha, legumes orgânicos, fondue de queijo e ovo mole (68 reais). Só é preciso ter paciência: o atendimento é um pouco lento e faz você esperar ainda mais.

Onde: R. Borges de Figueiredo, 82 anos, Muka. 2291-5629. Seg, 12h/15h Tenho. até qui, 12h/15h e 18h/22h. Intercourse. e Sáb., 12h00/22h30. dom, 12h/17h

Pappardelle da Hospedaria
Pappardelle da Hospedaria

Continuação após comercial

O restaurante Borgo Mooca, comandado pelo chef Matheus Zanchini, é uma das joias da região. Instalado em uma casa dos anos 50, pouco alterada, o restaurante é enfeitado com bugigangas encontradas em todo o mundo e espalhadas por todos os lados. A cozinha é de inspiração italiana, mas dá pouca atenção à tradição e investe em combinações inventivas. Você quer um exemplo? Filé de atum com molho de putanesca, ou tonkazzo, uma espécie de katsu sando japonês com filé empanado. Aberto apenas quatro dias por semana (jantar de quinta a almoço de domingo), costuma haver uma fila na casa que leva mais de uma hora. Mas vale a pena esperar, pela comida e experiência.

Onde: R. S. Roberto Ugolini, 129 anos, Farinha. 97041-7543. qui, 18h/23h; Intercourse. e sáb., 12h/23h; dom, 12h/16h

Ao entrar no Cadillac BBQ, você parece ser transportado para outro lugar. O espaço, no espírito das churrascarias americanas, é uma divertida mistura de ferro-velho e quintal texano, com mesas dentro e fora de casa – em open area, aliás, tem mais curiosidades, como um ônibus abandonado. O Combo BBQ (R$ 55) é delicioso e bem servido, com porções pequenas de diversas receitas como Mac & Cheese, salada de repolho, costelinha de porco defumada com molho barbecue e até torta de milho. Serve bem para duas pessoas se você encomendar lanches como uma porção de tacos (37 reais) e milho (27 reais).

Onde: R. Borges de Figueiredo, 60 anos, Muka, 23h09-04h84. 12h00/15h00 e 19h00/23h00 (sáb, 12h00/00; dom, 12h00/17h00, fechado segunda-feira).

Decoração do restaurante Churrasco Cadillac, localizado na Rua Borges Figueiredo no bairro Muka.  Foto: Daniel Teixeira/Estadão
Decoração do restaurante Churrasco Cadillac, localizado na Rua Borges Figueiredo no bairro Muka. Foto: Daniel Teixeira/Estadão

Continuação após comercial

A Di Cunto é uma pastelaria conhecida pela variedade de doces e snacks. A ementa do restaurante inclui tartes, bolos e doces dos mais variados sabores, desde as tradicionais tartes de limão e chocolate a opções mais criativas como a tarte de frutos vermelhos ou a tarte de iogurte. Além disso, oferecem uma ampla seleção de doces típicos italianos, como tiramisu, cannoli e panna cotta. Para quem prefere um lanche da tarde farto, há tortas, bolos e croissants perfeitos para um lanche rápido. Eles também têm opções de café e chá para acompanhar refeições doces e salgadas. Landmark Muka, que é imperdível nesta área da cidade.

Onde: R. Borges Figueiredo, 61, Muka. 2081-7100. 9:00/19:00 (Dom. 8:30/17:00; Seg. 12:00/19:00).

Cannoli Di Cunto Tradicional
Cannoli Di Cunto Tradicional

Um dos restaurantes mais tradicionais do Muka é o Don Carlini, instalado no mesmo prédio desde 1980. Sempre lotado, o native é frequentado pelos mais variados clientes – de empresários nos dias de semana a famílias que vão nos finais de semana a alguns dos pratos mais comentados do casa. É o caso do suculento cabrito frito (R$ 96, lombo de bode marinado no vinho tinto, ervas e refogado com cebolinha caramelizada, brócolis, batata e arroz) e da vitela romana (R$ 85, lombo de vitela marinado). e frito a baixa temperatura, servido com triplo taglarini de burro).

Onde: Rua Dona Ana Neri, 265, Farinha. 3208 2024. 12:00/15:00 (Sáb e Dom, até 17:00).

Continuação após comercial

Com referências às estradas da América do Norte, da maçaneta aos detalhes do cardápio, o Sizzling Rod Canine é um dos melhores cachorros-quentes de São Paulo. Com linguiças à moda de Frankfurt, a casa, comandada pelo casal Monia Ohatani, engenheira de alimentos, e Alexander Brazales, guia especializado em programas de motoqueiros nos Estados Unidos, prepara petiscos deliciosos e generosos. O Mooca Canine é um cachorro-quente muito saboroso e prestigiado pelo bairro, que traz linguiças artesanais com molho de tomate pure caseiro, queijo gratinado, pesto e tomates frescos picados.

Onde: Rua Guaimbé, 302, Farinha. 3205-4698. 18:00/23:00 (sáb e dom, 13:00/23:00; fechado seg e ter)

Não dá para falar do Muka e ignorar o Esfija Juventus. Inaugurado em 1967, leva o nome de um clube próximo e tem alguns dos esfihs mais deliciosos da região – provavelmente São Paulo. Estão disponíveis vários sabores, desde os mais tradicionais (queijo, carne, frango) aos mais diferentes mas igualmente deliciosos (alho, carne seca, queijo com anchovas). Outros pratos árabes também são saborosos, como quibe, requeijão e quibe cru.

Onde: R. Visconde de Laguna, 152, Muka. 2796-7414. 10h/23h30.

Leave a Comment