A organização do Miss Universo favoreceu o Miss EUA?

Competição este ano Miss Universo causou muita polêmica depois de vencer o Miss USA, R’Bonney Gabriel, 28, descendente de filipino-americanos. A modelo levou a coroa em meio a polêmicas e rumores de fraude, e muita gente ficou insatisfeita com o resultado. A organização do concurso internacional de beleza foi acusada de favorecer a escolha de Gabriel, e chegou a ser apontada por supostamente fraudar o concurso.

Leia+: O Miss Brasil 2022 seria com Marcus Buaiz, ​​ex da Wanessa? Compreendo!

Diante de tanta especulação, tanto a diretora executiva do Miss Universo, Amy Emmerich, quanto o vencedor, R’Bonney, quebraram o silêncio.

Amy negou os boatos de fraude e garantiu que não houve crime: “Essas acusações são absurdas (…) Uma das quatro maiores empresas de contabilidade dos Estados Unidos cuidou dos resultados e verificou o processo”, garante.

“Essas alegações minam a afirmação de Gabriel de ser o primeiro filipino-americano a ser coroado Miss Universo (…) As pessoas que dizem que é ‘suspeito’ que o JKN International Group possua tanto o Miss Universo quanto o Miss EUA ignoram as organizações históricas.” , comentou, acrescentando que o vencedor foi um “concorrente forte e dedicado”.

“Sua vitória é legítima… essas falsas alegações de manipulação são absurdas e desviam a atenção dos marcos incríveis que nossa organização alcançou.”

Leia+: Miss Universo Brasil 2022: capixaba Mia Mamede vence concurso

A polêmica sobre Gabriela começou depois que ela se tornou Miss EUA, já que outras concorrentes acusaram a representante do Texas de tratamento preferencial por ela ser filipina e porque disseram que queriam que ela vencesse o concurso primeiro.

Na época, os organizadores do Miss Universo contrataram um escritório de advocacia independente para investigar as alegações de que o concurso Miss EUA foi fraudado em outubro e encerraram a investigação, dizendo que as alegações eram infundadas.

R’Bonney respondeu às acusações dizendo: “Eu nunca entraria em nenhum concurso ou concurso que soubesse que iria ganhar. Eu tenho uma grande integridade.”

O Brasil foi representado pela modelo e jornalista Mia Mamede. Em seu Instagram, ela agradeceu o apoio e o carinho que recebeu.

“Ainda estou processando tudo o que vivi nas últimas 2 semanas. Apesar de não termos alcançado o resultado desejado, o sentimento de GRATIDÃO prevalece!

OBRIGADO por todos vocês, meus fãs, amigos e família! Em toda a minha vida, nunca imaginei que receberia tanto amor e carinho.

GRATIDÃO por todas as experiências, crescimento pessoal, lições de vida e novas amizades que o Miss Universo (e preparação para) me proporcionou. Estou completando essa fase com outra mulher.

GRATIDÃO pela minha equipe maravilhosa, dedicada, generosa e cheia de recursos, que deu seu sangue nessa jornada como eu. Meu grande obrigado. Eu não estaria aqui sem você!”, escreveu ele.

MUDANÇA HISTÓRICA

Demorou, mas aconteceu! Pela primeira vez em seus 70 anos de história, mulheres mães, casadas ou mesmo divorciadas poderão competir no concurso de Miss Universo.

Leia+: Miss Universo Brasil 2022: capixaba Mia Mamede vence concurso

A informação foi publicada pelo jornal The Nationwide, que recebeu um comunicado da entidade de que a mudança de regra agora “permite que todas as mulheres tomem o próprio destino em suas próprias mãos”.

Ainda segundo a nota, as novas regras entrarão em vigor a partir de 2023, quando será realizada a 72ª edição do evento.

Retrospectivamente, vale lembrar que antes da mudança só podiam participar do concurso mulheres solteiras entre 18 e 28 anos, que nunca tivessem tido filhos ou fossem casadas.

“Pesquisas recentes mostram que a idade média de casamento e primeira gravidez para mulheres em todo o mundo é 21 anos. Apesar das diferenças em nossas culturas e crenças, ele capacita todas as mulheres a tomarem seu destino em suas próprias mãos, e encontraremos aquela que é a Miss Universo de acordo”.

MISS UNIVERSO BRASIL 2022: VEJA QUEM VENCEU O CONCURSO

Reprodução Instagram @missuniverso.brasil

Uma noite de beleza e luxo! No dia 19 de julho, aconteceu a closing do concurso “Miss Universo Brasil 2022”, no Espaço Villa Vérico, em São Paulo, e a coroa ficou com meu mamed, representante do Espírito Santo. É a primeira vez que o estado vence a competição desde sua criação em 1954.

“Tudo ainda parece um sonho! Que sorte ser o primeiro capixaba a levar a coroa para o Espírito Santo”, disse Mamede após vencer a competição.

A capixaba tem 26 anos, fala quatro idiomas e já venceu o Miss Dubai Juvenil em 2012.

Mia estudou Jornalismo Audiovisual e Socioeconomia na New York College e tem seu próprio negócio, a Mia Content material Home, uma produtora de conteúdo com sede em Vitória.

Mia foi presenteada com a coroa por Teresa Santos, vencedora do concurso do ano passado.

Siga OFuxico no Google Information para atualizações de notícias sobre celebridades, novelas, séries, entretenimento e muito mais!

rita garcia

Estudou ciências da comunicação (México), period louco por gatos e period fascinado pelo mundo das celebridades. Estou feliz por fazer parte da Ofuxico desde 2000.

Leave a Comment