As cidades mais altas do país

Como um estado montanhoso, Minas Gerais é o estado mais alto do Brasil. Das 25 cidades brasileiras acima de 1.000 metros, 15 estão em Minas Gerais. Com uma área de 588.383,6 km2, que corresponde a 7% do território do país, e dependendo da região de Minas Gerais, a altitude de Minas Gerais varia de 600 metros a 2.890 metros.

As elevações e coordenadas dos estados e municípios brasileiros são calculadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Jornalista Sérgio Moreira

Monte Verde, distrito de Camanducaia a 1550 metros. O distrito de 6.000 habitantes não é o mais alto de Minas Gerais só porque é um distrito e não um município)
A altura oficial de cada município brasileiro é baseada no nível do mar, que é o ponto 0. A partir do nível do mar, a altura é calculada com base na sede do município, basicamente a área central de cada cidade, não incluindo as alturas de bairros, montanhas, colinas e picos neste cálculo.
Com base na parte central de cada cidade, evita-se a distorção da altura actual de cada município. Por exemplo, Monte Verde, distrito de Camanducaia, no sul de Minas, está a 1.550 metros acima do nível do mar, mas a sede, Camanducaia, está a 1.015 metros acima do nível do mar. Outro exemplo é a cidade mineira de Alto Caparaó, no Leste de Minas, que está a 997 metros acima do nível do mar e seu ponto mais alto, o Pico da Bandeira, está a 2.890 metros acima do nível do mar.

O município com maior altitude de Minas Gerais é Senador Amaral, no sul de Minas, com altitude de 1480,52. É, inclusive, a segunda mais alta do país, atrás apenas de Campos do Jordão, município de maior altitude do Brasil, com 1.628,16 metros acima do nível do mar. O mesmo vale para outros municípios brasileiros, como Santa Isabel do Rio Negro, no estado de Amazonas. A altura da cidade é de 45 metros e seu ponto mais alto, o Pico da Neblina, tem 2.993,78 metros. Com base na área central dos municípios brasileiros, descubra a cidade mais alta de cada estado brasileiro. A lista está em ordem alfabética.

Estado/Cidade Altitude
– Acre/Jordânia 342,79
Alagoas/Mata Grande 618,84

Amapá/Serra do Navio 152,00
Amazonas/Guajara 180,73
Bahia/Piathan 1271,27
Ceará/Norte Guaraciaba 934,12
Espírito Santo/Dores para Rio Preto 767,50
Goiás/Alto Paraíso 1211,67
Maranhão/Sucupira do Norte 479,80
Mato Grosso/Alto Taquari 875,69
Mato Grosso do Sul/Chapadão do Sul 819,00
Minas Gerais/Senador Amaral 1480,52
Par/Bannach 390,68
Paraíba/Matureia 817,62
Paraná/Inácio Martins 1220.09
Pernambuco/Triunfo 1010.03
Piauí/Marcolândia 784,76
Rio de Janeiro / Teresópolis 877,59
Rio G. do Norte/Ten. Laurentino Cruz 738.05 See Extra
Rio G. do Sul/São José dos Ausentes 1181,82
Rondônia/Vilhena 604,50
Roraima/Pacaraima 918.03
Santa Catarina/São Joaquim 1353,45

-São Paulo/Campos do Jordão 1628.16
Sergipe/Carira 368,80
Tocantins/pranchas 712,63

Jornalista Sérgio Moreira

Brasília é o único município do Distrito Federal. A capital federal está a 1.100 metros acima do nível do mar. Dentre as cidades satélites que compõem o Distrito Federal: Gama, Taguatinga, Brazlândia, Sobradinho, Planaltina, Paranoá, Núcleo Bandeirante, Ceilândia, Guará, Samambaia, Santa Maria, São Sebastião, Recanto das Emas, Riacho Fundo I e II e Candangolândia, a área administrativa de Ceilândia, com 1.285 metros, é a mais alta. O ponto mais alto do Distrito Federal é o Ponto do Roncador com 1.344 metros acima do nível do mar.

Trilho do Queijo e do Azeite
Jornalista Sérgio Moreira

E Trilho do Queijo e do Azeite esse é mais um bom motivo para visitar Minas Gerais em 2023. Queijo D’Alagoa-MG recebeu mais de 500 turistas em 2022 para experiências inesquecíveis recomendadas pela revista Forbes.

O percurso realiza-se durante todo o ano, mediante marcação prévia. Em dias de chuva, recomenda-se carro 4×4. No outono e no inverno, os carros de passageiros lidam facilmente com a viagem.

Dia inesquecível:

Na versão expressa, que é mais rápida, o passeio começa por volta das 9h e termina por volta das 17h. É um dia inesquecível que começa com uma visita guiada para descobrir o que há de melhor azeite Hemisfério Sul, concedido a eles

Expo Oliva de Espanha num passeio a pé pelos olivais da Fazenda Cauré. Enquanto caminha pelos olivais, você pode colher e saborear frutas da estação. Depois, pausa para o almoço: comida mineira caseira no Restaurante Dona Inês.

Do restaurante, o percurso continua até à Fazenda 2M no Bairro Companhia. Lá é produzido um dos melhores queijos do mundo (premiado 3 vezes na França e ouro no Mundial do Queijo em Araxá) e o melhor queijo artesanal de leite cru do Brasil (SUPER OURO no III Prêmio Queijo Brasil – Queijo Faixa Dourada) . Após a visita à queijaria, o visitante poderá tomar um café da tarde na varanda da casa Sô Márcio, com uma bela vista de 1.525 m de altura.

O passeio termina com uma harmonização de queijos artesanais, azeite e geleias em loja física. Queijo D’Alagoa-MG, na Rua José Luiz de Siqueira, 352, no centro de Alagoa. A loja é simples, mas a experiência oferecida é considerada uma das melhores do mundo! recentemente Queijo D’Alagoa-MG recebido Prêmio Tripadvisor Vacationers’Selection 2021 integrando um grupo de 10% das melhores atrações do mundo.

O roteiro também inclui: – pernoites de sexta a sábado e sábado a domingo na Pousada Trilha do Ouro (Bairro do Engenho, a 6km da cidade)

– Outros passeios: visita às cascatas ou trilho do Pico de Santo Agostinho (a combinar com a Sophia – Guia do Percurso). O roteiro atrai turistas de várias regiões do país. “Adorei a experiência. Foi um prazer conhecer o grupo “Rota do Queijo e do Azeite”, queijos, azeites, cachaça e mel, farinha de milho do engenho, Fazenda 2M e as pessoas de lá, sem falar na paisagem! Tudo muito bem!”, relata Ana Gazzola, do Rio de Janeiro/RJ.

Jornalista Sérgio Moreira

O passeio pode ser feito em qualquer dia da semana mediante agendamento. Convidamos casais, famílias ou grupos maiores.

Como planejar um tour de queijos e azeites? Falar com: Zofia Diniz Contato: 35 99987 4570 (WhatsApp) Instagram: https://www.instagram.com/rotadoqueijoedoazeite/
Lateral:
https://www.queijodalagoa.com.br/rotadoqueijoedoazeite

Tarde em Diamantina

Jornalista Sérgio Moreira

Diamantina fica a 300 km de Belo Horizonte. É conhecida como cidade do ex-presidente da República, Juscelino Kubitscheck, Chica da Silva, barroco e sua história, diamantes e grande diversidade com sua cultura musical.

Casa JK, onde nasceu o ex-presidente

Possui o título de Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco. A comuna recebe milhares de visitantes anualmente devido ao seu famoso charme paradisíaco e às excelentes opções da culinária mineira.

Construída no início do século XVIII, Diamantina period conhecida como Arraial do Tijuco. Por causa do antigo córrego de mesmo nome, onde os bandeirantes que percorreram a Estrada Actual estabeleceram as primeiras minas da região em busca de ouro, mas acabaram encontrando diamantes.

Diamantina é reconhecida como patrimônio cultural mineiro e símbolo do turismo e da cultura no Brasil, já tendo sido premiada pelo Ministério do Turismo por promover o desenvolvimento cultural sustentável de Diamantina.

Para Vesperata é um concerto noturno composto por bandas de música que se apresentam na tradicional Rua da Quitanda, em centro historico de diamantinaadicionado à cultura e gastronomia native.

Jornalista Sérgio Moreira

O espetáculo, em que músicos se posicionam nas varandas de casarões coloniais, originou-se das práticas musicais de Diamantina no século XIX e é hoje um dos mais tradicionais eventos de música ao ar livre do Brasil.

A Vesperata é reconhecida como patrimônio cultural mineiro e símbolo do turismo e da cultura no Brasil, já tendo sido premiada pelo Ministério do Turismo por promover o desenvolvimento cultural sustentável de Diamantina.

Já em sua 24ª edição, que acontecerá em 2023, este evento é tão diferenciado que encanta e alegra os olhos de quem aprecia o som de um repertório eclético repleto de surpresas e convidados especiais.

Calendário Noturno 2023: abril: dia 15; Maio: 6, 20 e 27; junho: 3 e 17; Julho: 1, 15 e 29; agosto: 5, 19 e 26; Setembro: 16 e 30 e Outubro: 7 e 21.

passarela da gloria

Jornalista Sérgio Moreira

São várias as opções para os finais de semana das Vesperatas em Diamantina: Sextas-feiras: há Serestas que percorrem as ruas da cidade e Apresentações Musicais na Praça do Mercado Velho com uma deliciosa culinária native. Sábados: pela manhã Feira de Artesanato com música ao vivo na Praça do Mercado Velho, e aos Domingos: Café no Beco e o inesquecível Sarau da Arte Miúda. Consulte seu agente de viagens para pacotes de fim de semana com saída à noite.

Minas Turismo Gerais Colunista Sérgio Moreira @sergiomoreira63 information para coluna sergio51moreira@bol.com.br

Leave a Comment