Balagan, restaurante com vista mar na Ericeira onde as especiarias são o protagonista – Cooks e Restaurantes

A chuva que se fez sentir em Dezembro parou para nos dar as boas-vindas à Ericeira. Esta foi a primeira de várias surpresas na nossa passagem pela região. Pouco antes da Praia do Sul encontramos nosso destino closing, o restaurante de Katarina Graffl, uma austríaca que se apaixonou tanto pelo nosso país que mora aqui desde 2017.

Balagan é o resultado de uma pandemia. Sem saber, Katarina começou a ter a ideia quando se viu desempregada em 2020, na sequência do encerramento do Selina, native onde estava alojada, na primeira de várias detenções. Em 2020, tudo fechado, a vida parou, mas naquele momento ela pensou: “Vou fazer algo para mim para me manter ocupada, algo unique”, explica.

Balagan, um restaurante com vista mar na Ericeira onde as especiarias são o protagonista.

Katarina Graffl é uma austríaca que vive em Portugal desde 2017.

créditos: Divulgação

” data-title=”Balagan, restaurante à beira-mar na Ericeira com especiarias na liderança – Balagan, restaurante à beira-mar na Ericeira com especiarias na liderança – SAPO Way of life”>

Katarina Graffl é uma austríaca que vive em Portugal desde 2017. créditos: Divulgação

No começo, ela cozinhava em casa para os amigos, mas o boca a boca funcionou tão bem que acabou pedindo a Selina para usar sua cozinha. Foram apenas alguns passos da casa de amigos para comida para viagem na Ericeira. O sucesso poderá dever-se ao facto de se tratar de uma cozinha única na Ericeira e, ousamos dizer, em Portugal. “Adoro esta cozinha (do Médio Oriente) e os ingredientes principais também são usados ​​na cozinha portuguesa, conseguimos ingredientes frescos facilmente”, acrescenta.

Até Janeiro de 2021 esteve em modo pop-up, também em Seline, e a procura de um novo native levou à construção do edifício que encontrámos na Praia do Sul. O que antes period uma discoteca e lanchonete na praia agora virou Balagan — palavra hebraica para caos, mas caos amigável, explica Katarina — em um restaurante que se inspirou nas ruas de Israel, mas quer um reflexo da culinária portuguesa. . como vemos em um dos mais vendidos da carta: Camarão à Bulhão Pato com lavash (€12,50), uma das entradas.

Balagan, um restaurante com vista mar na Ericeira onde as especiarias são o protagonista.

Balagan Deli com vista panorâmica.

créditos: Divulgação

” data-title=”Balagan, restaurante à beira-mar na Ericeira com especiarias na liderança – Balagan, restaurante à beira-mar na Ericeira com especiarias na liderança – SAPO Way of life”> Balagan, um restaurante com vista mar na Ericeira onde as especiarias são o protagonista.

Balagan Deli com vista panorâmica. créditos: Divulgação

“Foi uma grande surpresa, é um prédio grande de dois andares, uma responsabilidade grande. Mas essa é uma oportunidade que não vai aparecer tão cedo”, compartilha Katarina, que abriu o restaurante em setembro de 2022.

O restaurante está dividido em três salas. No rés-do-chão encontramos o Deli Balagan, um café principal e esplanada que funciona como apoio à praia e com uma ementa reduzida. Aqui podemos comer algo tão simples como pequenos-almoços ou lanches de almoço, refeições mais leves num espaço que convida a ficar, que te abraça e que te dá vontade de apreciar a vista que está à tua frente. Uma nota: o restaurante Permitidos animais e algumas mesas são reservadas para coworking.

Na delicatessen, podemos experimentar pratos como o café da manhã Balagan (8,50 euros), composto por homus, labneh, salada picada, azeitonas temperadas, ovos mexidos com zaatar e pão pita, uma tigela de muesli (5 euros) ou até francesinha oriental ( 7 80 euros) – Babka de chocolate tipo rabanada, labneh doce, tahini, dukka e calda de frutos vermelhos. Nas entradas, há pratos como rosbife (€9,80) com tahini, sementes de tomate, zhug, salada de ervas e picles de cebola roxa, ou sabich (€7,50) com homus, beringela frita, tomate cherry, grão-de-bico e pepino. .

Balagan, um restaurante com vista mar na Ericeira onde as especiarias são o protagonista.

No segundo piso encontramos um restaurante onde poderá petiscar num ambiente mais intimista.

créditos: Divulgação

” data-title=”Balagan, restaurante à beira-mar na Ericeira com especiarias na liderança – Balagan, restaurante à beira-mar na Ericeira com especiarias na liderança – SAPO Way of life”> Balagan, um restaurante com vista mar na Ericeira onde as especiarias são o protagonista.

No segundo piso encontramos um restaurante onde poderá petiscar num ambiente mais intimista. créditos: Divulgação

No segundo andar encontra-se um restaurante onde se pode almoçar e jantar, e a cobertura, que está reservada para os dias de sol, se o tempo o permitir. A carta mantém influências mediterrânicas e do Médio Oriente misturadas com cozinha e produtos portugueses. Nas entradas, além dos já referidos camarões à Bulhão Pato, encontramos também borrego temperado e salsa (9,50€). Dos pratos principais podemos provar chocos e batata-doce (12,50 euros), o clássico shakshuka (7,50 euros) ou o koftu de borrego em pão sírio (14,50 euros) com labneh. Há também algumas opções vegetarianas, como o Grand Balagan mezze com homus, baba ganoush, pipoca falafel feita com farinha de pipoca de verdade, que dá leveza ao prato, e uma salada que pode ser pedida para uma, duas ou quatro pessoas. Para doces, temos gelado artesanal de chocolate e tahine (€5).

Balagan, um restaurante com vista mar na Ericeira onde as especiarias são o protagonista.

O cominho é o tempero mais usado no restaurante.

créditos: Divulgação

” data-title=”Balagan, restaurante à beira-mar na Ericeira com especiarias na liderança – Balagan, restaurante à beira-mar na Ericeira com especiarias na liderança – SAPO Way of life”> Balagan, um restaurante com vista mar na Ericeira onde as especiarias são o protagonista.

O cominho é o tempero mais usado no restaurante. créditos: Divulgação

Na carta de bebidas, destaque para os cocktails de autor pensados ​​para emparelhamento com itens de menu. Para os amantes da cerveja, há duas opções de artesanato da Ericeira, Imply Sardine e Button. A seleção de vinhos é composta por marcas independentes de diferentes regiões do país, além de diversos estandartes de vinhos naturais. Na dúvida, peça orientação ao Thiago, responsável pela sala, que está sempre disponível para ajudá-lo a encontrar a melhor combinação.

A carta de inverno do restaurante é maioritariamente composta pelo que chamamos de comida de conforto, sem guisado, com ingredientes como a rabada combinada com elementos libaneses ou o peixe com molho chimisuri. O tempero mais usado na culinária de Balagan é o cominho, e seu sabor não decepciona. Uma forma de conhecer os famosos ingredientes da cozinha portuguesa, mas em combinações completamente diferentes.

Um projeto criado por mulheres

Katarina Grafl é a mentora do projeto, mas é acompanhada por uma equipe de mulheres. É o caso da chef Teresa Silva, que acompanha a dona de casa na cozinha.

O projeto de decoração de interiores esteve a cargo de Ingrid Aparicio do Studio Bacana, também sediado na Ericeira, que criou um ambiente minimalista mas acolhedor e sofisticado. A história entre o austríaco e o espanhol começou na Ericeira, já que Katarina foi uma das primeiras pessoas que Ingrid conheceu em Portugal quando ambos trabalhavam no Selina Ericeira.

“A ideia period criar uma casa de praia para todo mundo vir com areia nos pés e com roupas leves, além de ter um lugar mais chique para dormir”, explica Katarina, referindo-se a uma visão que teve para um restaurante.

Balagan, um restaurante com vista mar na Ericeira onde as especiarias são o protagonista.

Detalhes da decoração Balagan,

créditos: Divulgação

” data-title=”Balagan, restaurante à beira-mar na Ericeira com especiarias na liderança – Balagan, restaurante na Ericeira com vista para o mar e especiarias na liderança – SAPO Way of life”> Balagan, um restaurante com vista mar na Ericeira onde as especiarias são o protagonista.

Detalhes da decoração Balagan, créditos: Divulgação

Demorou três meses para ser implementado, com um orçamento apertado, mas um resultado equilibrado. “Procuro sempre criar espaços aconchegantes onde possamos passar o dia todo e nos sentirmos confortáveis”, explica Ingrid Aparicio.

Balagan Ericeira

Família: Praia do Sul, 2655-304 Ericeira
Delicatessen: Diariamente das 09:00 às 18:00
Restaurante: De quarta a segunda das 12:30 às 23:00
Reserva: hi there@balaganfood.com
Website: https://pt.balaganfood.com/

Para além da ideia de uma casa de praia, Katarina e Ingrid conceberam uma homenagem ao ambiente da Ericeira, onde os pescadores e os toldos às riscas são a imagem de marca da região.

“A minha ideia para o Balagan é trazer os meus amigos e familiares e que possamos servir comida para partilhar entre todos à mesa, mas ao mesmo tempo oferecer boa comida e bons vinhos”, conclui Katarina.

O SAPO Way of life visitou o Balagan a convite do restaurante.

Leave a Comment