confira dicas para fazer bolos lindos e fofinhos

O aroma de massa assada invade a casa, uma fatia arejada acompanha um bom café. Bolo feito em casa, aquele da vovó, tem uma capacidade incrível de nos aconchegar. Exceto quando as coisas dão errado. Este é um bolo que envelhece, seca ou não sai completamente da forma. Então o bolo caseiro tem uma capacidade incrível de nos irritar. Para que estes desastres nunca mais voltem a acontecer na sua cozinha, falámos com Eric Velasquez, Chef Pastelaria e Professor do Curso de Gastronomia do Centro Europeo.

Velasquez compartilhou com bom gourmand passo a passo bolo caseiro sem erros. Como bônus, ele ainda deixou uma receita de bolo de fubá para quem quiser testar os novos conhecimentos e incendiar o bolo da vovó na primeira oportunidade.

Vamos às dicas!

O bolo precisa de planejamento

bolo caseiro
Bolo caseiro exige planejamento: primeiro, os ingredientes não podem estar frios. | Bigstock

Sim, para que tudo dê certo, o bolo requer planejamento. O que isso significa? Primeiro, assim que pensar em fazer um bolo, certifique-se de ter todos os ingredientes necessários para fazê-lo e na quantidade certa. Verifique você? Em seguida, vá para a segunda etapa. Ovos, leite e manteiga – se estiver na receita – retire da geladeira com antecedência. É importante que não congelem na hora de preparar o bolo. Isso facilitará a mistura dos ingredientes e garantirá que a massa esteja na temperatura correta no forno.

Siga os passos exatos da receita

“Cada ingrediente de um bolo tem uma função. Mudar ingredientes ou quantidades sem a devida substituição leva a um desequilíbrio na receita e o resultado não será o esperado”, alerta Velasquez. Então não. Não, você não pode fazer um bolo com menos ovos. Não, não é fácil substituir a farinha branca por grãos integrais. Não, você não pode simplesmente remover o açúcar de uma receita. E também não dá para fazer bolo no olho. Use copos medidores e colheres. Para resultados ainda melhores, prefira a balança. Você manchará menos sua louça e não errará nas medidas.

Não bata a massa para o bolo

Sabe quando um bolo tem uma massa dura que está longe do resultado fofinho esperado? O culpado geralmente é o glúten. “Quando o trigo se liga a qualquer líquido, começa a produzir glúten. Se eu bater a massa, ajudo a desenvolver essa cadeia de glúten que deixa a massa pesada”, explica Velázquez.

Portanto, misturamos a farinha na massa, mas não batemos. Posso usar um mixer ou liquidificador no processo? Ele pode. Mas, é mais garantido fazer este passo à mão, usando uma espátula. Misturar o trigo e o líquido na receita também facilita o processo de homogeneização.

Verifique sempre a knowledge de validade do seu fermento.

Não existem fermentos fracos, mas aqueles vencidos que ficaram esquecidos na sua despensa durante meses. Portanto, verifique sempre a knowledge de validade do fermento antes de começar a fazer o bolo.

Vale conferir também se você tem a quantidade pedida na receita. Se um bolo requer uma colher de sopa de fermento, definitivamente não crescerá adequadamente com uma colher de chá. Portanto, verifique se o fermento atende aos requisitos da receita.

Uma pitada de sal, segredo da vovó

Esta não é uma regra, mas um conselho valioso. O sal é principalmente um intensificador de sabor. Portanto, adicionar uma pequena pitada à massa ajudará a realçar ainda mais o sabor do seu bolo.

Mix forma com capricho

bolo caseiro
Unte e enfarinhe delicadamente a forma para que a massa não grude.| Bigstock

Você fez o bolo perfeito, mas se não untou bem a forma, esqueça. É improvável que você consiga esculpir perfeitamente uma maldita coisa. O que significa lubrificar com cuidado? Cubra cada parte da forma com uma fina camada da gordura que você escolheu para untar. Custa óleo, óleo ou separador de aerossol.

No caso dos dois primeiros, você também precisará polvilhar a forma com farinha – além da farinha, vale a pena usar aqui chocolate ou até açúcar, dependendo do resultado desejado e do sabor do seu bolo. O desmoldante encontrado em confeitarias não requer uma etapa de enfarinhamento. Principalmente recomendado para aquelas formas cacheadas com muitos recortes que deixam qualquer bolo caseiro tremendous stylish.

O papel manteiga também é um aliado para evitar que o bolo grude na forma (unte a forma e coloque papel manteiga). Mas certifique-se de que é um papel de boa qualidade ou corre o risco de o bolo grudar no papel – isso é raiva de verdade. Na dúvida, unte o papel também.

Velasquez recomenda o uso de papel manteiga principalmente para bolos como Purple Velvet, quando é necessária uma cor uniforme da massa. Isso porque o papel manteiga protege o bolo do contato direto com a forma, evitando que mude de cor ao assar. As vovós certamente não faziam Purple Velvets para o café da tarde, mas fica a dica.

Conheça o seu forno e terá um bom bolo caseiro

bolo caseiro
Geralmente, os cupcakes devem ser assados ​​a 180°C. | Bigstock

A massa está pronta e na forma, é hora de ir ao forno. Para começar, já deve estar pré-aquecido. Um forno quente é essencial para um bolo caseiro fofinho. Mas o forno não superaquece. A temperatura ultimate para assar cupcakes é de 180°C. Um forno muito quente fará com que o bolo asse de forma desigual, fazendo com que ele inche no centro. Por outro lado, em forno frio, seu bolo murcha. Conhecer o seu forno será basic para entender quanto tempo levará para pré-aquecer e atingir a temperatura ultimate para assar.

manter o alarme

Bolo no forno, vai lavar a louça e aguenta a tua ansiedade. Chega de abrir a porta do forno a cada dez minutos. Isso diminuirá a temperatura e definitivamente não beneficiará sua massa. Velazquez recomenda abrir a porta apenas 30 minutos após a colocação do bolo. Outra dica é esperar que um cheiro agradável se espalhe pela cozinha.

Olha, o bolo parece pronto – cresceu e ficou dourado? Faça o antigo teste do palito para garantir que o prato está pronto para ser retirado do forno. Outra maneira é beliscar a superfície do bolo. Se a massa afundar e depois voltar à sua estrutura authentic, como uma mola, é sinal de que está assada.

Não espere a massa esfriar completamente para retirá-la da forma.

Isso te pegou, não foi? A regra da vovó diz que é preciso esperar a massa esfriar completamente para desenformar. Nada como isto. O ultimate é que o bolo ainda esteja morno quando retirado da forma. Toque em uma forma. Se estiver morno, mas já dá para manusear sem pano ou luva para não se queimar, é hora de desenformar. Assim, fica mais fácil tirá-lo do molde e não há risco de quebrá-lo. Mas cuidado, se for fazer o recheio, espere esfriar completamente antes de fatiar.

bolo de farinha de milho

Ingredientes

  • 2 ovos
  • 2 xícaras de açúcar refinado
  • 1 xícara de óleo
  • 2 xícaras de leite
  • 2 xícaras de farinha de trigo
  • 2 xícaras de fubá
  • 1 colher de fermento químico

Preparação

  1. No liquidificador ou fue, bata os ovos e o açúcar até a mistura ficar levemente esbranquiçada.
  2. Adicione a manteiga a fio e bata. Depois adiciono leite.
  3. Adicione a farinha e o fubá e misture até a massa ficar lisa e uniforme.
  4. Adicione o fermento e mexa levemente.
  5. Despeje a massa em uma forma untada e enfarinhada.
  6. Asse a 180°C por cerca de 30 minutos.

Leave a Comment