Conheça Braga, uma cidade portuguesa que parece um pedacinho do Brasil – 07/01/2023

Localizada no norte de Portugal, a cidade de Braga sempre acolheu os turistas brasileiros e acolheu também os que vieram do outro lado do Atlântico para viver. No entanto, por cerca de seis anos, o povo de Brady viu um número crescente de brasileiros virem para ficar.

Localizada no norte de Portugal, a cidade de Braga sempre acolheu os turistas brasileiros e acolheu também os que vieram do outro lado do Atlântico para viver. No entanto, por cerca de seis anos, o povo de Brady viu um número crescente de brasileiros virem para ficar.

De Portugal, Fábia Belém.

Segundo o autarca de Braga, Ricardo Rio, “nos últimos anos esta presença [brasileira] cresceu exponencialmente, representando hoje quase 8% da nossa população”, destaca.

Cerca de 15.000 brasileiros vivem em Braga, que tem uma população de quase 200.000 habitantes. Entre eles, imigrantes de diversas nacionalidades, segundo o prefeito, cargo equivalente ao de prefeito no Brasil.

Rui Rio explica que Braga “foi a cidade que mais cresceu em Portugal na última década, e metade desse crescimento deveu-se aos migrantes que se instalaram no nosso concelho”. E foi por inspiração da maior comunidade estrangeira residente na cidade que o autarca veio a cunhar o termo “Braguil”, que se tornou acquainted a muitos portugueses.

“Braguil, esta fusão de Braga e Brasil que se materializou num crescimento muito significativo e é um sotaque presente em todas as nossas experiências quotidianas: quando vamos a um café, quando vamos a um evento cultural, quando vamos ao supermercado Hoje temos escolas onde um terço da turma pode ser formado por alunos brasileiros”, revela.

“Me sinto no Brasil”

A designer gráfica Ana Cláudia Villaça e o marido trocaram o Rio de Janeiro por Braga há quase cinco anos. “A gente sai na rua e só ouve os brasileiros falando.

Para Ana Cláudia, a permanência em Braga até hoje se deve ao fato de a cidade ter se twister “uma área muito agradável para recebermos brasileiros, pessoas e, no meu caso, família”.

Segundo Ricardo Rio, nos últimos anos famílias inteiras do Brasil têm vindo à Câmara Municipal. “Três gerações: pais, filhos e avós instalaram-se em Braga para usufruir da qualidade de vida que a cidade oferece e claro das novas perspetivas de futuro que aqui querem alcançar”.

A carioca Ana Cláudia Villaça não foi a primeira nem a última da família a mudar-se para Braga. “Chegamos nessa ordem: primeiro meu primo, depois eu, depois meu irmão e por último minha irmã.”

brasileiro homenageado

Uma das responsáveis ​​pela divulgação da cidade é a brasileira Alexandra Gomide. Mineiro de Belo Horizonte, mudou-se para Brady em 2016. Criou um canal no YouTube chamado “Olhar Brasileiro em Portugal” e fundou a associação “Uai”, que trabalha para integrar brasileiros que vêm morar na região norte do país, principalmente na cidade de Braga. No mês passado, Aleksandra recebeu ainda a Medalha de Mérito, atribuída pela Câmara Municipal de Braga.

“Consegui a categoria prata, o que me deixou muito honrado. É uma medalha de reconhecimento pelo trabalho, pelas conquistas, pela contribuição ao município, apoio, ajuda, acolhida, liderança da comunidade brasileira que vem aqui em Braga. Então, receber esta medalha da comuna, que aceitei como minha, é uma grande surpresa para mim”, diz emocionada.

Segurança, menor custo de vida e oportunidades

No concelho de Alexandra, Ana Cláudia e muitos outros brasileiros encontram um lugar seguro para viver, com quase todas as comodidades que Lisboa e Porto têm para oferecer, com uma grande diferença: em Braga, o custo de vida é muito mais baixo do que nos outros cidades das duas maiores cidades portuguesas.

O prefeito conta que o perfil dos brasileiros que se instalaram no município é bastante diversificado. Há quem venha quer para trabalhar em qualquer setor de atividade, como cafés e restaurantes, quer para estudos de licenciatura ou pós-graduação na Universidade do Minho. Muitos profissionais liberais e investidores também vieram.

“Eles vêm com mais recursos económicos, com mais potencial económico e instalam-se na cidade de Braga para desenvolver o negócio que já tinham ou para criar empresas. Foi uma integração muito positiva. Eu diria elementary. Se não fosse essa comunidade que chegou, não teríamos alcançado o crescimento econômico que a cidade teve nos últimos anos”, observa.

Ricardo Rio diz que a Câmara Municipal ainda não tem dados sobre o número de obras realizadas por brasileiros na cidade, mas garante que são muitas. “Temos pequenos projetos relacionados à estética, culinária brasileira, importação de vários produtos brasileiros, desde têxteis até produtos naturais, e depois temos investimentos, por exemplo, em projetos mais tecnológicos.”

Futebol americano

Para ajudar nesta integração luso-brasileira, em Braga até o futebol entrou em campo. Foi em 2019, durante a remaining da Copa Libertadores entre Flamengo e River Plate.

“A partida foi transmitida em praça pública. Assim, tínhamos quase uma grande falange de torcedores assistindo ao jogo aqui no centro em frente à prefeitura”, lembra Rio.

Leave a Comment