De garçom a sócio: o rápido crescimento da rede international de restaurantes – 13.01.2023 – Notícias

Bruno Very important
o repórter

Treze anos. Foi o tempo que o então garçom levou para crescer profissionalmente e se tornar sócio-proprietário de um dos maiores restaurantes do mundo. Mario Gomes, 34 anos, assumiu este mês o Outback Steakhouse, em Natal, rede com filiais em 23 países e 139 restaurantes em todo o Brasil. Recém-chegado à capital potiguara e que trabalhou na empresa por 13 anos, Gomes relembra sua trajetória de sucesso e rápido crescimento na empresa, passando por Rio de Janeiro, Pernambuco, Fortaleza e agora Natal.

Magno Nascimento

Recentemente se mudou para a capital potiguar, Mario Gomez, que conseguiu seu primeiro emprego em uma rede internacional de restaurantes, passou por divisões no Rio de Janeiro, Recife, sua cidade natal, e Fortaleza.

Antes de assumir um dos cargos mais respeitados da empresa, Mario Gomez lembra que teve um início difícil, cheio de incertezas. Aos 20 anos, saiu de Recife, fez as malas e viajou para o Rio de Janeiro, onde iniciou a carreira de restaurante. “Havia parentes lá, meu pai estava tentando fazer algo que pudesse conciliar Rio e Recife, e primeiro fui conhecer a futura companheira de meu pai”, conta. Porém, o negócio não se concretizou e Mário começou a buscar alternativas. Foi quando ele ouviu falar do restaurante por um parente em 2009. Este foi seu primeiro trabalho.

“Conheci o marido da minha prima, que me apresentou o Outback. Antes disso, o restaurante já tinha um movimento muito bom, mas pouca gente sabia disso. Esse “primo” já period chefe de cozinha no Leblon e me levou para uma entrevista. Passei na entrevista, passei no teste. A princípio eu ia ser contratada como auxiliar de limpeza de cozinha, e a gerente que conversou comigo disse que eu tinha um perfil para o salão, como garçom, que ganha ainda mais”, lembra.

Após um segundo teste, desta vez para o cargo de garçom, Mário foi contratado e passou a trabalhar na filial do Leblon. Foi o primeiro trabalho de Mário. Pouco mais de um ano depois, veio a primeira promoção: coordenadora de plantão. “Esta função é responsável por auxiliar e coordenar alguns turnos.” Gomes ficou mais um ano e meio no cargo e recebeu mais uma oferta, até então a melhor conquista profissional de sua carreira. Em 2012, foi convidado para o cargo de subgerente geral da divisão em Recife, sua cidade natal.

“Não consegui nem dizer não. Acordei no primeiro contato. De volta a casa, a uma empresa a que me dediquei, em que confiei, que me abriu as portas. Então voltar e ainda poder me expressar foi um orgulho para mim, para minha família. Foi um regresso a casa e como um dos pilares da unidade. As coisas melhoraram desde então, assim como o desejo de crescer. Foi uma alegria muito grande”, conta.

Mario Gomez permanece na capital pernambucana até 2020. Nesse período, participou da abertura de restaurantes no Procuring RioMar e no Procuring Recife, onde chegou a gerente. “Foi quando fui convidado novamente para mais um desafio de me tornar sócio-proprietário em Fortaleza.” No Ceará, Mário enfrenta os desafios da pandemia de covid-19. Entre fechamentos, restrições e adaptações, ele trabalha para fortalecer os serviços de entrega.

“Esse foi todo o desafio. Emblem depois, a gente teve um supply activate, um supply rise, depois um bloqueio, um reembolso, um fechamento, enfim. Nesse período, eu estava à frente de uma unidade lá em Fortaleza. A gente fazia conserto lá, teve transferência de sócios, period uma loja que tem pouco mais de seis anos. Tivemos uma melhora, um resgate, que foi muito bem avaliado pela empresa, e recebi um convite para o Natal”, conta.

Quase três anos depois de chegar a Fortaleza, Mário assume a operação em Natal e diz que não hesitou antes de se mudar para outra cidade. “Aqui temos apenas uma loja e a oferta para ter um faturamento maior do que lá. É uma cidade nova com estrutura, então fui convidado e aceitei de imediato. Minhas expectativas são muito altas para o Natal. Estou confiante no sucesso que o Outback está fazendo na cidade. Sinto-me muito feliz e satisfeito por morar na cidade onde passava as férias quando criança”, enfatiza.

A empresa incentiva o crescimento profissional

A empresa possui um programa de incentivo ao empreendedorismo e ao desenvolvimento profissional interno. Segundo a rede, cerca de 80% dos sócios-proprietários, espalhados por 56 cidades de 18 disciplinas da federação do país, vieram de atividades internas, ou seja, começaram a trabalhar em um restaurante e conseguiram se desenvolver no âmbito de uma carreira planejar, porque. Caso Mário Gomez. “Este plano de carreira ativo oferece isso enquanto vivemos de acordo com os princípios e crenças que a empresa instila em nós”, observa ele.

Cada uma das divisões de restaurantes é liderada por um sócio como Mario Gomez, que possui uma vasta experiência no setor de restaurantes e preza pela excelência no atendimento ao cliente. Antes de assumir o cargo, o empreendedor selecionado passa por cerca de dez meses de treinamento em padrões internacionais de networking. “Minha trajetória se resume em vários aspectos: plano de carreira, cuidado com as pessoas e cuidado com a empresa ao nosso redor, sócios. Foi importante para a decolagem nesses 13 anos que estou aqui, assim como para o sucesso da empresa”, enfatiza.

De pé no chão, mas ainda sonhando acordado, Mario projeta seus próximos passos. “Ainda posso progredir, hoje um parceiro regional está acima do parceiro. O parceiro regional desempenha o papel de observador do mercado e participa dos dividendos dos lucros de todo o mercado. Este é mais um avanço, mais um passo que já está em nossas mentes porque não podemos parar. Acho que isso pode servir de exemplo para quem quer construir uma carreira, nunca deixar de acreditar, não ter medo de arriscar, lutar, aprender e sonhar”, comenta.

sobre o restaurante

A Outback Steakhouse possui 139 restaurantes no Brasil e está presente em 56 cidades, 17 estados brasileiros e no Distrito Federal. Em todo o mundo, é encontrado em 23 países nas Américas, Ásia e Oceania. O primeiro restaurante do país foi inaugurado na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, em 1997. Com suas carnes especiais e petiscos como o Bloomin’ Onion, o Outback conquistou os brasileiros pela qualidade e sabor diferenciado. combinado com serviço informal e comodidades aconchegantes. Inspirado na Austrália, o restaurante destaca diferentes aspectos da cultura australiana, como esportes, atrações, paisagens icônicas, tradições e lazer. A rede de churrascarias Outback é propriedade da Bloomin’ Manufacturers.

Leave a Comment