GF Vip 7, dois ex gieffins “não falam mais”: o fundo espinhoso

Dois ex-concorrentes do Huge Brother Vip 7 não se falam mais, diga que foi Patrizia Rossetti. Em nova entrevista para a Casa Chi, a ex-gieffina falou sobre os momentos de tensão entre essas duas ex-concorrentes, que mantinham um bom relacionamento dentro da Casa di Cinecittà. Eles seriam Charlie Gnocchi e Luca Salatino. A ex-Vippona explicou que assim que saiu do jogo, seus ex-companheiros de aventura teriam contado a ela sobre uma mudança do locutor de rádio, que teria expressado pensamentos desagradáveis ​​sobre Luca.

Não se sabe o que o Gnocchi teria dito, mas certamente esta história surpreendeu nem um pouco Rossetti, que parecia bastante perplexo. Ele não conseguiu falar com Charlie para obter esclarecimentos dele. Mas ele absolutamente quer ter essa comparação para entender o que é verdade em tudo isso.

“Achei o Charlie meio mudado, não me falaram bem dele, mas também não falaram bem de mim. Praticamente me falaram, aqueles que saíram, que eu não falei bem do Luca. Parecia estranho para mim porque parecia haver um sentimento ali. Mas na minha opinião ele não fez isso de forma maliciosa, porque ele não é um vilão ou uma tela. Mas não consegui falar com ele. Mas vou querer falar com ele, porque quero entender se ele realmente falasse isso, eu ficaria surpreso com ele e com o Luca. Eles não falam mais, isso significa que algo aconteceu”

Dito isto, Rossetti voltou a falar sobre Wilma Goichcom quem inicialmente havia estabelecido uma amizade no GF Vip 7. A relação entre eles se desfez e no episódio 28 Patrizia voltou à Casa para ter um confronto com ela. “Por dentro eu me enganei um pouco, embora já tivesse adivinhado. Mas ele não tinha certeza. Eu queria ser franco, mas calmo.”a ex-gieffina declarou hoje.

GF Vip 7, Patrizia Rossetti: problemas de saúde e a Ilha dos Famosos

Patrizia voltou ao seu cotidiano depois de deixar a casa mais espionada da Itália devido a um problema de saúde. Por conta da Covid-19, contraída ainda dentro do actuality present, Patrizia continuou com dores físicas, o que a levou a abandonar os jogos. Uma escolha difícil, mas que veio após uma profunda reflexão. Hoje é o primeiro dia para Rossetti voltar ao trabalho com suas telepromoções após participar do programa e aqui ele revela seu estado de saúde. A ex-vippona falou sobre outro problema de saúdepara o qual está fazendo a análise necessária.

“Então olha, ainda estou em pesquisa porque tenho dores que com certeza ficaram mais leves. Eles me disseram que definitivamente é pós-Covid. Mas há uma infecção e tenho que fazer alguns exames para saber mais. Espero que não seja nada grave, mas meu médico me disse que temos que ver, porque o certo é seguir em frente. Não porque lá não teria tido assistência adequada, mas porque não teria dado o meu melhor e também o meu pior.”

Entre as pessoas da Casa que sente falta, citou Nikita Pelizon, Alberto De Pisis, Antonella Fiordelisi, Davide Donadei e Milena Miconi. Apesar disso, depois de três meses e meio no centro das atenções, ele está feliz por estar em casa. Entre seus antigos gieffins ela certamente encontrou pessoas dentro da Casa que lhe contaram sobre todas as cores por trás dela e que agora a fazem sorrir: “É um clássico, quando você sai todo mundo vira amigo de novo. Está tudo bem, é um jogo.”.

A única pessoa que não fala com ele é Pamela Prati, que facilmente ignora. Dito isso, Rossetti fala em acabar em Honduras um dia. Pierpaolo Pretelli, que apresentou este episódio de Casa Chi enquanto Sophie Codegoni está de férias com Alessandro Basciano, destacou a Patrizia que noilha das celebridades você não pode fumar e ela sendo uma fumante inveterada lutaria para ficar lá.

“A ilha? Não, por favor, não vamos começar, porque já são três: eu fiz a Fazenda em 2005, o Beijing Categorical em 2019 e até ganhei, esse é o terceiro, Huge Brother. Já tinham me chamado, eu estava deveria ir ano passado. Eu teria ido, teria gostado mais talvez. Mas um dos problemas period justamente esse, eu descobri, só os pedaços de madeira podiam ser defumados”

GF Vip, Patrizia Rossetti dá sua opinião sobre De Pisis e depois: “Quem é o mais falso”

Muitas vezes tem sido faladointeresse que Alberto De Pisis tem em Edoardo Donnamaria e uma indiscrição também veio à tona nos últimos meses. A primeira o confirmou, falando, porém, de sentimentos relacionados ao afeto. Patrizia admitiu que o próprio Alberto, quando conversaram à distância durante a quarentena após terem tido Covid juntos, havia lhe confidenciado isso.

“A verdade é que ele disse, sente-se atraído por esta pessoa, mais a nível afectivo”Rossetti disse. Mas que na sua opinião é o mais fiel da sétima edição do Huge Brother Vip? Antonella Fiordelisi. Ela também mencionou o nome de Antonino Spinalbese, embora às vezes a confundisse. Ele citou Luca Onestini, de quem gosta muito, e Davide Donadei. Além disso, dedicou belas palavras a Nikita Pelizon e a respeito de Dal Moro declarou: “Certamente, Daniele também é muito direto no que diz, mas nem sempre o acho coerente, pois ele tem altos e baixos que me intrigam”.

E ao invés, o mais falso -além de Wilma Goich- segundo Rossetti seria uma mulher, ou seja Giaele De Donà.

“Na minha opinião, acredito muito que o mais falso é, apesar das aparências e desse jeito de ser um pouco assim, sempre com o copo na mão que vai e vem, é Giaele. Não tenho provas, é instinto. Na minha opinião, porém… sim. É a minha opinião, recebo um processo do meu marido, nunca se sabe.”

No closing, como vencedor hoje gostaria de ver Davide Donadei. Até George Ciupilan, além de Luca Salatino, segundo ele poderia ter vencido. “Mas agora eu o vejo muito baixo e fechado em seu silêncio”disse Patrícia.

Leave a Comment