Glossário de cuidados com a pele: o que cada ingrediente faz e como escolher os produtos – 16/01/2023

Você sabe como comprar produtos para a pele? Antes: você sabe se realmente precisa fazer uma rotina de cuidados com a pele e quais são os passos indicados? Também tivemos muitas dúvidas. É por isso que procuramos especialistas para nos ajudar a decifrar os nomes difíceis que aparecem nos rótulos desses produtos — e também para entender se realmente precisamos de tanta coisa.

como começar

Antes de começar a usar produtos para a pele (que significa “cuidados com a pele” em inglês), é importante saber que toda pele se beneficia de uma rotina de cuidados com a pele. Vender cosméticos não é apenas uma questão de frescor ou advertising and marketing.

Os principais benefícios dos cuidados com a pele incluem a prevenção:

  • Câncer de pele;
  • Envelhecimento prematuro;
  • Manchas.

No entanto, os produtos listados não são os mesmos para todos: entender o seu tipo de pele é um elemento importante do planejamento. A melhor maneira de descobrir é consultar um dermatologista.

Este especialista é a pessoa mais indicada para prescrever produtos e fornecer cuidados importantes para ajudá-lo a:

  1. Não gaste dinheiro com cosméticos;
  2. Conheça o seu tipo de pele e escolha os produtos ideais para você;
  3. Entenda o nível de hidratação e o comportamento da oleosidade da sua pele;
  4. Use os produtos listados da maneira correta; e
  5. Evite usar qualquer cosmético que possa acabar por deteriorar a saúde e a aparência da sua pele.

Passo a passo

Antes de falarmos sobre os ingredientes, vamos passar por um breve passo a passo sobre o mínimo que uma rotina de cuidados com a pele deve conter.

1. Proteção contra o sol

Imagem: Getty Photos/iStockphoto

Você pode pensar que proteção photo voltaic e cuidados com a pele são duas coisas completamente diferentes. No entanto, os dermatologistas acreditam que a proteção photo voltaic é, na verdade, o primeiro passo no cuidado da pele.

Isso porque a principal função dos cuidados com a pele é proteger a pele, mantê-la saudável e bonita. E o protetor photo voltaic protege a pele exatamente de um dos maiores vilões do câncer de pele e do envelhecimento precoce: o sol. Portanto, escolha um protetor photo voltaic com FPS de pelo menos 30 e aplique-o generosamente.

Para quem tende a desenvolver manchas na pele, o uso de protetor photo voltaic é ainda mais importante e nesses casos o melhor é usar um produto com base ou cor – esse tipo de protetor photo voltaic cria uma barreira física na pele e acaba oferecendo mais proteção.

2. Higiene

Escolha um sabonete ou gel de limpeza especificamente para a pele do rosto – esses produtos são projetados para peles mais sensíveis. O ideally suited é que a higiene seja delicada, sem agredir a pele, para não retirar a “gordura boa”. Lave o rosto com sabonete 1 ou no máximo 2 vezes ao dia se sua pele for muito oleosa.

3. Hidratação

A pele hidratada mantém a sua barreira protetora pure, o que reduz o risco de irritações e alergias e melhora a tolerância aos tratamentos dermatológicos. Mesmo quem tem pele oleosa deve se hidratar e ficar atento ao tipo de produto que funciona melhor para cada tipo de pele (discutido a seguir).

Existem ainda duas etapas adicionais que podem ser incluídas em uma rotina de cuidados com a pele mais completa:

4. Antioxidantes

Esses produtos têm a função de reduzir manchas, melhorar a proteção contra os danos causados ​​pelo sol, a textura e o brilho da pele. O antioxidante mais estudado e o mais indicado pelas fontes consultadas Viva Bem é a vitamina C. Seu uso geralmente é recomendado pela manhã.

5. Ácidos

Apoia a renovação celular, melhora a textura da pele, estimula o colágeno, reduz a aparência dos poros e pimples. Os retinóides (tretinoína, retinol, adapaleno, retinaldeído) e hidroxiácidos (como o ácido glicólico) são preferidos. Eles podem ter um ótimo efeito, mas é necessária uma prescrição do seu dermatologista, pois o uso de ácidos pode causar irritações, alergias e sensibilidade.

glossário de cuidados com a pele

Agora que você já sabe como proceder passo a passo, vamos falar um pouco sobre os produtos em si. Existem vários produtos para cuidados com a pele disponíveis no mercado com várias formulações. As marcas costumam anunciar seus princípios ativos, às vezes sem maiores explicações sobre como cada elemento funciona.

É por isso que listamos alguns dos nomes mais comuns de produtos para cuidados com a pele. Conheça os ingredientes e entenda a função de cada um na sua rotina de cuidados com a pele:

sabonete a base de syndet

  • São produtos com pH ácido próximo ao pH da pele humana e, portanto, promovem melhor remoção de sujeiras e impurezas.
  • Não agride a pele e não retira suas gorduras boas e hidratação pure.

Sabonete para pele sensível ou pele infantil

  • Outra boa opção para higiene, pois não agride a pele.
  • Use para lavar de manhã ou no chuveiro.
  • Lavar com sabonete no máximo 2 vezes ao dia para evitar o efeito rebote (quando a limpeza excessiva acaba aumentando a produção pure de sebo da pele).
Ácido Hialurônico - iStock - iStock
Imagem: iStock

Ácido hialurônico

  • Uma substância com grande potencial hidratante que ajuda a reparar a barreira cutânea.
  • Aumenta a retenção de água na pele, deixando-a macia e hidratada.
  • Tem potencial para tratar rugas finas, melhorando o aspecto da pele.
  • Apesar do nome ácido, ele age mais como um hidratante e pode ser usado o ano todo, sem potencial irritante.
  • Pode ser usado pela manhã e à noite.

Vitamina C (ácido L-ascórbico)

  • Importante efeito antioxidante, previne o envelhecimento da pele, manchas e é um ótimo ingrediente antienvelhecimento.
  • Suporta fotoproteção.
  • É um poderoso precursor da produção de colágeno.
  • Um dos produtos de cuidado da pele mais eficazes e com maior evidência científica.
  • Tem um preço alto – cuidado com marcas muito baratas.
  • Procure produtos com vitamina C pura e evite aqueles com derivados de vitamina C (que geralmente são mais baratos).
  • Funciona melhor em formato de soro (que é mais aguado).
  • Seu uso preferencial é pela manhã.

ceramidas

  • Este é o principal componente da gordura em nossa pele.
  • Ajuda a criar um revestimento de barreira na pele, protege-a das agressões e evita a perda de umidade para o meio externo.
  • Um forte creme hidratante, especialmente para a pele de todo o corpo.
  • Um bom ingrediente ativo para pessoas com pele seca ou sensível.
  • Pode ser usado dia e noite.
fito-retinol - iStock - iStock
Imagem: iStock

Retinol

  • O ingrediente ativo derivado da vitamina A também pode ser chamado de ácido retinóico.
  • Seu uso requer cautela.
  • Use apenas à noite.
  • De manhã, lave bem o rosto para retirar todo o produto.
  • Evite exposição excessiva ao sol no dia seguinte – sempre use protetor photo voltaic ao usar produtos com retinol.
  • Agente antienvelhecimento eficaz, precursor da formação de colágeno.
  • Apoia a renovação celular, suaviza manchas e ajuda a reduzir linhas finas.
  • Também ajuda no tratamento de pimples e poros dilatados.

Niacinamida

  • É a molécula queridinha da vez: tem poder antiinflamatório e também de hidratação, mas seu benefício é mais leve.
  • Portanto, geralmente aparece em combinação com outros componentes.
  • Ajuda a restaurar a energia celular e reparar o DNA danificado.
  • Reduz o impacto dos raios ultravioleta na pele.
  • Tem propriedades anti-inflamatórias e atua contra a oleosidade.
  • Ajuda a melhorar as manchas porque inibe a ação da enzima tirosinase.
  • Pode ser usado dia e noite.

rosa mosqueta pintura a óleo

  • Substância de uso prolongado com efeito regenerador, hidratante e anti-irritante.
  • Projetado especialmente para pele muito seca e áspera.
  • Seu uso no corpo é indicado para qualquer tipo de pele — no rosto pode aumentar a oleosidade e a formação de pimples.
  • É rico em ácido oleico e linoleico e vitamina A.
  • Ajuda na cicatrização de feridas.
  • Seu efeito anti-manchas é discreto.
  • Pode ser usado dia e noite.

enzimas esfoliantes

  • Ele carrega vários produtos diferentes sob este nome.
  • Eles ajudam na descamação do estrato córneo, a camada mais superficial da pele, composta por células já mortas.
  • Eles ajudam a suavizar a pele, mas o uso requer cautela.
  • O peeling deve ser feito 1 ou no máximo 2 vezes por semana para evitar irritações.
  • Quando a esfoliação é bem feita, ela ajuda a melhorar a penetração dos ingredientes de cuidado da pele na pele.
  • A esfoliação excessiva pode causar um efeito rebote, deixando a pele mais sensível e até mais oleosa.
  • Eles podem ser usados ​​dia e noite, mas idealmente apenas uma vez por semana.

pantenol

  • Promove a hidratação da pele e ajuda a prevenir os sinais de envelhecimento.
  • Aumenta a quantidade de água que fica na pele.
  • Uma boa escolha para o tratamento de cicatrizes, pele pós-procedimento ou pele sensibilizada, pois ajuda a restaurar a barreira cutânea danificada.
  • Está muito presente em xampus e é um bom ingrediente para quem tem cabelos secos.
  • Ajuda a manter a pele hidratada por mais tempo.
  • Pode ser usado dia e noite.

manteiga de karité

  • Ótimo hidratante, pode causar pimples em peles mais sensíveis devido ao seu potencial oleoso.
  • Muito indicado para hidratar o corpo, principalmente para áreas ressecadas como mãos, cotovelos e joelhos.
  • Melhora a elasticidade da pele, muito utilizado na prevenção de estrias.
  • Ajuda a fortalecer a barreira protetora da pele.
  • Muito bom para peles secas ou sensíveis.
  • Pode ser usado dia e noite.

Ácido salicílico

  • Tem um efeito esfoliante e pode ser usado para regenerar as células da pele.
  • Indicado para pele acneica e oleosa.
  • Ajuda a fechar os poros e melhora a textura da pele.

hidroquinona

  • É um inibidor da tirosinase, a enzima que cria manchas na pele (principalmente melasma, que são manchas solares).
  • Poderoso clareador de pele.
  • Tem uso controlado, ou seja, só pode ser usado com prescrição médica.
  • Idealmente, deve ser usado no inverno e em concentrações limitadas.
  • Pode causar irritação: é um produto mais delicado que requer supervisão médica.

Tipo de produto: creme, sérum ou gel?

Beleza negra pingando soro hidratante de colágeno no rosto - Getty Images/iStockphoto - Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Photos/iStockphoto

Finalmente, a última informação que lhe interessa é o veículo para os produtos que deseja comprar.

Um veículo é uma forma usada para converter uma substância química, uma substância ativa como as listadas acima, em um cosmético para uso facial ou corporal. Então o formato: se é creme, gel ou sérum.

O veículo também intrude na ação do produto e no efeito alcançado. Existe um veículo mais adequado para cada tipo de pele.

  • Pele regular a seca, pele sensível e pele madura: creme ou loção, pois são produtos mais pesados ​​e com textura mais hidratante;
  • Pele oleosa: sérum ou gel, pois são formatos que não estimulam a produção de sebo.

Fonte: Fátima Brito See Extradermatologista e coordenadora do atendimento dermatológico do Hospital das Clínicas UFPE (Universidade Federal de Pernambuco); Henrique Demeneckdermatologista e professora da PUC-PR; Juliana Ok. de Almeida, dermatologista SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia) criada pela Unicamp (Universidade Estadual de Campinas); e Alessandra Ribeiro Romitidermatologista e consultora da Clínica de Cosmiatria Dermatológica SBD.

Leave a Comment