Sanremo 2023, os boletins das canções em competição: promovidos e rejeitados

Vinte e oito artistas competindo por muita emoção e poucas surpresas. Nós visualizamos as músicas de The Massive: aqui está o que pensamos. Não há descontos para ninguém.

A edição de 2023 do Pageant de Sanremo está cada vez mais próxima. E para aumentar ainda mais a expectativa, adiantamos as canções dos Grandes na corrida. Há canções alegres e dançantes, mas também muitas que celebram o fim do amor. Introspecção e algumas surpresas. Aqui estão nossos boletins! – foto | vídeo

Pageant de Sanremo, Chiara Francini e Paola Egonu são as últimas co-apresentadoras: a equipe está completa – Guarda

Colapesce DiMartino – Respingo!
Vamos emblem tirar o dente: a peça não tem o brilho do música muito leve. É uma canção de amor às avessas, virando de cabeça para baixo o romantismo e outros clichês. Colapesce e DiMartino se movem dizendo que preferem o barulho do metrô ao do mar. Na verdade, é melhor trabalhar do que estar com a pessoa amada. Battiato ressoa na estrutura musical, como sempre. Mas o efeito surpresa acabou. voto 6

Mais recente – Nascer do sol
Final atinge o alvo com uma voz introspectiva e uma balada de piano, escrita em estado de graça, dedicada aos estados de espírito vividos perante o nascer do sol (eu amo o nascer do sol/porque odeio a minha vida). Não é uma música imediata, não tem refrão de verdade, mas o crescendo emociona e, se bem executado, com a ajuda da orquestra, pode levar o cantautor romano àquela tão esperada (mas almejada ) primeiro lugar em 2019. . voto 8

Chiara Ferragni: “Eu doo o selo de Sanremo contra a violência contra as mulheres: eu também fui vítima” – Guarda

Química Rosa – Feito na Itália
O rapper piemontês se apresenta a Achille Lauro (cujos gemidos ele também imita) e traz uma música divertida e cafona. O texto é um hino à liberdade sexual: E agora nos deixamos fazer / Sexo (made in Italy) / Love (made in Italy). Esperamos um visible digno do modelo que o inspirou. voto 6 e meio

Tananai–Tango
Esqueça o alegre Tananai sexo informal, a criança cresceu e está na fase de tocar. Um amor que infelizmente acabou canta para nós. Há uma pitada de ironia aqui e ali entre os versos (colocamos o Police/foi bonito até a polícia chamar), fora isso pura melodia de Sanremo. voto 5 e meio

Tudo sobre Sanremo 2023 – especial

Leo Gassmann – terceiro coração
A música foi escrita por Riccardo Zanotti, o líder dos Pinguins Táticos Nucleares, e você pode ouvir: Leo Gassmann “pinguiza” até um pouco em sua voz. O resultado é uma bela canção pop, com refrão de karaokê. voto 7

Ana Oxa deixei
A música que marca o regresso de Anna Oxa ao Pageant é um delírio que fala de sistemas máximos, da mulher que ressuscita, do homem que se esquece, da alma que se liberta e de várias travessuras. Mas nada tira o facto de, com a voz e presença de palco que encontra, se poder redimir ao vivo. Classificação (por enquanto) 4

senhor chuva – Tremendous-heróis
O rapper fala sobre depressão e, principalmente, sobre como é importante poder pedir ajuda. Versos urbanos, refrão melódico. Funcionará no rádio. voto 6 e meio

Gianluca Grignani – como você está sem fôlego
Outro grande retorno a Sanremo. O cantor e compositor escreve uma balada muito grignanesca sobre seu pai, sobre seu relacionamento difícil, sobre um telefonema que quebra anos de silêncio (não, não estou doente / você vai ao meu funeral ou não). A música está aí, agora tudo depende de como ele vai tocá-la ao vivo. voto 6 e meio

Artigo 31 – uma boa viagem
Grande regresso a Sanremo, parte 3. Os Artigo 31 lançam-se à autocelebração e contam a sua história, desde o início quando sonhavam em escapar à banalidade de um destino já escrito, à ascensão, à crise (mas depois torna-se obra /e o trabalho vira angústia). Sua conclusão é que J-Ax e Dj Jad sempre serão irmãos, mesmo quando brigam. voto 5

GIANMARIA – Monstro
É gIANMARIA, mas também pode ser Sangiovanni ou Rkomi. O vice-campeão do X Issue 2021 produz uma música sobre um amor atormentado. Refrão inteligente, ritmo crescente, as garotas vão gostar. voto 5 e meio

Geórgia- Más palavras
E aqui estamos no retorno dos retornos, o de Giorgia, que retorna ao pop soul dos anos 90, com uma música que funciona, claro. Mas, resumindo, parece mais um trabalho bem feito. Ao vivo só pode ficar melhor. voto 6 e meio

LDA- sim então amanhã
Luca D’Alessio, filho de Gigi, também conhecido como LDA, traz uma ballatona clássica e cativante, perfeita para as manhãs de domingo na Radio Italia. voto 5 e meio

LAZA- Cinzas
Lazza também canta sobre amores desfeitos (é o tema de 90% das músicas da competição), mas o faz com uma música uptempo, que começa com um sampler de estilo Moby e abre com um refrão dançante. Uma boa surpresa. voto 7

Áries- mar de problemas
A cantora e compositora romana estreia-se no Pageant com uma balada melancólica a ela dedicada, com um texto delicado. Agradável e compatível com o rádio. 6 e meio

Nosso – porque per se
Sethu é o único jovem zangado neste Pageant (os outros estão todos ocupados lamentando amores perdidos). Aqui ele fala sobre um relacionamento conturbado (com a mãe? com a namorada?) e repete “Tenho uma cabeça de merda/mas tem guerra aqui fora”. Agradecemos o esforço, mas não é suficiente. voto 5

Eu criei – vivo
Levante escreve uma canção corajosa sobre a transformação do corpo pós-gravidez que tem um refrão magnético, quase um mantra: Vivo um sonho erótico / a alegria do meu corpo é um ato mágico. Um hino de liberdade. voto 7

Moda – Deixe-me
Para um ouvinte distraído pode soar como uma canção sobre um amor que acabou, mas não é. O tema é a depressão, que o protagonista espera ter deixado para trás. “Que dia é hoje? / É o primeiro dia sem você.” A música começa quase minimalista, depois abre com um refrão Modà. voto 6 e meio

Marco Mengoni- duas vidas
Aqui está o outro campeão do Pageant lutando pelo primeiro lugar com o Ultimo (pelo menos essa é a primeira impressão). Texto denso, intenso, entre amor, boa noite e culpa. A música é sofisticada e corajosamente dispensa um refrão forte. Você só pode melhorar ouvindo. voto 8

Shari- Egoísta
Shari vem de Sanremo Giovani e é aluno de Salmo, que ajudou a escrever a música. Estamos no auge Madame: canção de amor em salsa urbana. Os fãs do gênero vão adorar. voto 5

Paula e Clara – Fúria
Sim, Paola e Chiara farão Ariston dançar. Sim, eles vão trabalhar no rádio. Sim, transportam-nos para a dança dos anos 90 e adoramos isso. Mas, podemos dizer que depois de tantos anos de corrida esperávamos mais um esforço? voto 6

primos do campo – carta 22
Esqueça o falsete. Os gêmeos e parceiros Michetti confiaram na premiada empresa El representante da lista (aqueles de «Con le mani/con i piedi/con il culo/ciao ciao») que embalou uma música com nostalgia dos anos oitenta e um texto melancólico ( Eu sou apenas um médico que se machucou.) Experimento bem sucedido. voto 6 e meio

Olly-
Pode ser o novo Tananai (ainda que o primeiro). Canção de amor muito rítmica e no rádio. Ponto fraco: o texto (estou apaixonada/como o cego dos cheiros) Vote 6-

EM – O bom no mau
Madame cresceu (artisticamente) e escreve uma canção densa, sombria e noturna (Ancora tu sei/ a cadela que deu sentido aos meus dias). O refrão fica na minha cabeça e nunca sai. voto 7 e meio

Vontade – Boba
Uma música pop honesta, divertida e bem construída. Escusado será dizer que estamos falando de um amor que deu errado (desculpe se engasguei com uma lágrima / mas não consigo seguir em frente). Nada memorável, mas vai funcionar no rádio. voto 6

Mara Sattei- dois mil minutos
A música foi escrita por (entre outros) Damiano David, o líder do Måneskin, mas musicalmente não há nada de rock nela. É uma balada, mas com um texto bem duro, que fala de um amor tóxico, violento, entre rios de álcool e hematomas. Mas a música acaba não pegando tão bem quanto deveria. voto 6

com o tio – não estou com vontade
Tenha cuidado para que eles possam ser a revelação do pageant. Funky indie pop, eles vão ser o pontapé da vida neste melaço de baladas. Texto entre os transgressores e os sem sentido (Os que limpam os banheiros / depois os que fazem sexo, os que brigam, os honestos), são felizes como o primeiro Daniele Silvestri. voto 7

como coisas – A despedida
Califórnia e Fausto se despem e falam sobre a crise do relacionamento, que explodiu com sucesso (talvez seja só essa vida estranha/com malas sempre pela metade). Mas então eles o tranquilizam: adeus não é uma possibilidade. Texto lindo, cru, sincero. Pena a estrutura da música sem brilhos, flat. voto 6 e meio

Elodie- Devido
Elodie contém um hit de rádio perfeito e captura de transmissão. O que dizemos para você fazer, aqui também estamos falando de um amor que acabou, ou melhor, que “acabou de nascer, mas acabou mal”, como diria Mina. Ele pode não terminar no pódio, mas se defende. voto 6 e meio

Dea Verna

Hoje © REPRODUÇÃO RESERVADA

Leave a Comment