Santo André recebe parecer para se tornar município turístico – O Grande ABC

A cidade entra no grupo dos selecionados e pode receber R$ 700 mil do governo do estado para investimentos em infraestrutura turística

Santo André, 13 de janeiro de 2023 – A Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo homologou Santo André como município turístico (MIT). Com o reconhecimento, Santo André pode receber até R$ 700 mil do Fundo de Melhoria das Estâncias para investimentos no setor, a depender da classificação a ser publicada.

O parecer foi emitido no remaining do ano passado pelo Grupo de Análise Técnica dos Municípios Turísticos (GAMT) da Secretaria do Turismo do Estado de São Paulo. O próximo passo é a publicação da lei pela Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) e a aprovação do governador.

Na prática, o MIT determina que 140 municípios serão de interesse turístico. Para que uma comuna seja reconhecida, ela deve atender a critérios como potencial turístico, Conselho Municipal de Turismo, serviços médicos de emergência, infraestrutura básica, Plano Diretor de Turismo e atrativos turísticos significativos.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento e Geração de Empregos, Evandro Banzato, o selo MIT está se somando a uma série de atividades que vêm sendo desenvolvidas pelo departamento no setor. “Apostar no turismo é apostar no desenvolvimento sustentável integrando nossa cidade a toda a Região Metropolitana. O turismo é um dos grandes geradores de emprego e renda em nosso país. Só no mundo, o turismo responde por mais de 10% do PIB”, diz o secretário.

“É muito importante destacar a importância do setor em Santo André. A cidade possui uma das maiores empresas de turismo da América Latina, a CVC, que está no mercado há mais de 50 anos e gera empregos e renda em nossa cidade. Também temos que agradecer a parceria com o Governo de São Paulo que nos levou a credenciar esse importante reconhecimento como município turístico”, acrescenta Banzato.

Além da CVC e do Governo do Estado de São Paulo, Santo André também teve outras parcerias para o setor de turismo nos últimos anos, como Aextour, Eureka, Sebrae, Robust Enterprise College e CPTM.

Santo André Turismo – Com mais de 700 mil habitantes e 469 anos de história, Santo André passou a ter o turismo como atividade dominante devido à elevação da Vila de Paranapiacaba ao patrimônio histórico e ambiental tombado pelo Condephaat (Estado de São Paulo) em 1987, pelo Iphan ( Federal) em 2002 e pelo Comdephaapas (municipal) em 2003. A Vila de Paranapiacaba foi incluída entre os 100 monumentos mais importantes do mundo pela World Monuments Fund, ONG que atua na área de conservação de sítios históricos, e em 2022 foi selecionada pela Organização Mundial do Turismo para representar o Brasil no concurso “As melhores vilas turísticas.

Assim, tendo a Vila como principal atrativo, desenvolveram-se outras profissões turísticas de grande relevância, como a gastronomia, referência na Região Metropolitana de São Paulo, e o turismo de negócios, com ampla rede hoteleira pronta para receber trabalhadores, técnicos e profissionais. que visitam as inúmeras empresas de alta tecnologia.

Lançado há menos de um ano, o portal de viagens de Santo André ultrapassou a marca de 250 mil. O portal reúne oportunidades de lazer e programação cultural em Santo André, além de informações sobre hospedagem, purchasing facilities, aluguel de carros, bares alternativos com música ao vivo , restaurantes e muito mais. O website está disponível em https://www3.santoandre.sp.gov.br/turismosantoandre/.

Desde 2019, o turismo de negócios também é impulsionado pelo Parque Tecnológico de Santo André, que estimula a inovação na cidade, e pelo programa Turismo Industrial e de Inovação, que oferece visitas guiadas a grandes empresas. O programa de turismo industrial pode ser acessado pelo website https://www3.santoandre.sp.gov.br/turismosantoandre/turismo-industrial/.

Além disso, o município possui diversos atrativos recreativos, educativos e religiosos que o qualificam a receber o título de Município Turístico do Estado de São Paulo.

A cidade possui 12 parques, sendo oito na área urbana, e dois grandes complexos localizados em áreas protegidas: o Parque Pure Municipal de Nascentes de Paranapiacaba e o Parque Pure Municipal de Pedroso, este último banhado pela Represa Billings, oferecendo a oportunidade para o turismo ecológico e de aventura.

A referência do turismo na área educacional da cidade é a Sabina – Escola Parque do Conhecimento, com o Planetário Johannes Kepler, um dos mais modernos da América Latina, atraindo milhares de visitantes todos os anos. Há também mais de dez faculdades no município, entre elas Universidade Federal do ABC, Senai, Senac, FGV Robust, Fatec e Etec, atraindo visitantes, acadêmicos e pesquisadores com os cursos, eventos e palestras oferecidos por todas essas instituições.

Como se não bastassem tantos tipos de turismo, Santo André também é referência nacional no turismo religioso, em especial graças ao Santuário Nacional de Umbanda, reconhecido em 2019 como patrimônio imaterial do Estado de São Paulo. É uma referência nacional e internacional para os adeptos da Umbanda e do Candomblé, que recebe anualmente milhares de visitantes de várias cidades e estados brasileiros.

A cidade ainda tem a vantagem de estar em localização privilegiada, no centro da Região Metropolitana de São Paulo, maior mercado consumidor do Brasil, com fácil acesso por transporte público (trem e ônibus) e servida diretamente por rodovias como Anchieta e Imigrantes , estando bem próximo ao Rodoanel. Além disso, fica próximo ao Aeroporto de Congonhas, Aeroporto de Guarulhos e Porto de Santos.

Leave a Comment