TV Digital: Confira dicas para usar seu novo equipamento – Foco no turismo – Tudo sobre o turismo no Brasil e no mundo

O prato tradicional deixará de funcionar. Para que a população usuária desses equipamentos proceed recebendo o sinal de TV aberta normalmente e gratuitamente, como sempre, será necessário substituir a antena parabólica convencional por um novo modelo digital. Na Paraíba, mais de 9.000 famílias estão aptas a atender na Região Metropolitana de João Pessoa.

Milhares de famílias em todo o Brasil já fizeram esse intercâmbio. Quem ainda não trocou seu {hardware} deve colocar essa tarefa em sua lista de prioridades. Isso porque, mesmo antes do sinal parar de funcionar, a recepção do sinal de TV pode ser prejudicada com o advento do 5G, já que ambas as tecnologias operam na mesma frequência (banda C). A nova antena digital está em uma faixa diferente, na banda Ku, distante da frequência anterior.

Famílias de baixa renda atendidas por programas assistenciais do governo federal e com modelo tradicional têm direito a um equipment gratuito com uma nova antena parabólica digital.

Depois de instalar um novo {hardware}, é pure que surjam dúvidas sobre os novos recursos. A boa notícia é que o resultado é uma nova experiência de visualização de TV. Compilamos uma lista das 10 perguntas e respostas mais frequentes sobre a nova antena.

1 – Por que a nova antena digital é melhor que a tradicional?

Trata-se de uma tecnologia mais moderna que oferece novos canais, programas regionais e melhor qualidade de imagem e som. Lembre-se de que em breve o prato tradicional deixará de funcionar. Quanto mais cedo você fizer a mudança, mais cedo poderá aproveitar os benefícios de sua nova antena digital.

2- Quem precisa comprar uma nova antena?

Você só precisará comprar uma antena parabólica digital se estiver usando uma antena tradicional, que é uma antena blindada grande e cheia de buracos. Famílias que assistem TV por outros meios como TV por assinatura, antena digital/UHF (espinha de peixe) ou streaming (web) não precisam trocar de equipamento.

3- Os canais de satélite digitais costumam desaparecer como as antenas parabólicas tradicionais?

A nova tecnologia traz diversos benefícios, como número fixo para cada canal e identificação automática de novos canais. Essas duas vantagens por si só garantem que ninguém se perca no controle remoto ao sintonizar seus programas favoritos. Agora, caso identifique alguma falha de sintonia, os técnicos recomendam verificar se o receiver está conectado na entrada HDMI selecionada no controle remoto.

A maioria das TVs possui mais de uma entrada HDMI, que é um conector usado para transferir dados de um dispositivo para outro. Se não conseguir acessar a programação da antena digital, você pode ter alterado sua seleção por engano. A maneira mais fácil de resolver o problema é mudar de “HDMI 1” para “HDMI 2” ou vice-versa. Isso informará a qual receptor ele está conectado.

4 – A nova antena digital ainda apresenta os problemas típicos de uma antena tradicional?

Um problema comum dos usuários de antenas é a configuração incorreta do receptor. A vantagem da nova antena parabólica digital é que os aparelhos são mais modernos e o menu de configurações mais técnicas é protegido por senha ou outra estratégia, para que o usuário não possa desconfigurar o receptor sem querer.

Outra vantagem é que a lista de canais é fixa e o instalador não precisa mais escolher a ordem em que os canais são exibidos. Cada estação tem um número fixo. Isso também acaba com o problema de repetição de canais, pois a atualização é feita digitalmente.

5 – O sinal de TV continuará a falhar depois de uma ventania como acontece com as tradicionais antenas parabólicas?

Se sua TV ficar sem sinal após um período de ventos fortes, pode haver um problema com sua antena parabólica. Seria melhor ir ao seu instalador para ver se você ainda está apontando na direção certa. O problema pode ser evitado na escolha do produto, preferindo antenas com melhor fixação, principalmente se sua cidade tem ventos frequentes. Também é importante que no momento da instalação um profissional meça a intensidade e garanta um alto nível de qualidade do sinal. A boa notícia é que a nova antena digital é menor, então é mais fácil de consertar.

6 – Existem diferenças entre os modelos da nova antena digital? Como reconhecer os de melhor qualidade?

Embora as antenas parabólicas digitais sejam visualmente muito semelhantes, existem diferenças importantes. Alguns não são fabricados com um materials com revestimento anticorrosivo. Ao comprar uma nova antena digital, pergunte ao revendedor e ao técnico se ela é feita de aço galvanizado. Este materials evita a formação de ferrugem com o tempo, alterações nas características de sua superfície e deterioração da recepção do sinal. A melhor prevenção é escolher antenas de aço galvanizado.

7- Por que alguns canais ainda não são recebidos pela nova antena parabólica digital?

Existem alguns canais raros que não foram transferidos para a nova antena digital (banda Ku). Já estão disponíveis mais de 100 canais, muitos deles regionais. Se um canal que você realmente gosta ainda não estiver disponível, é melhor entrar em contato com a emissora e perguntar quando ela deve migrar. Agora que isso não está acontecendo, todos os outros canais continuam a transmitir programas de aprimoramento de imagem e som.

8 – Como verificar se novos canais foram inseridos?

Ao contrário das antenas parabólicas tradicionais, as antenas parabólicas digitais não precisam atualizar manualmente a lista de canais. A atualização é automática. Portanto, verifique a lista de canais de vez em quando para ver as novidades. Outra vantagem é que, graças à nova antena parabólica digital, você pode navegar na programação da estação e saber a que horas começa e termina seu programa favorito.

9- As pessoas que possuem antenas parabólicas tradicionais devem aguardar a detecção da interferência 5G antes de trocar o equipamento?

Sem probability. Qualquer pessoa pode agora substituir um prato tradicional por uma nova antena digital. Quando a rede 5G for ativada na sua região e a antena tradicional for interrompida ou interrompida na recepção do sinal, você ficará sem TV até que ela seja substituída.

10 – Quem pode instalar gratuitamente um equipment com uma nova antena parabólica digital?

Famílias de baixa renda cobertas por programas assistenciais do governo federal que já possuem uma antena convencional instalada e operacional têm direito à substituição gratuita do equipamento. Para saber se você tem direito, acesse sigaantenado.com.br ou ligue para 0800 729 2404.

A substituição dos equipamentos fica a cargo do Siga Antenado, criado por determinação da Entidade Gestora de Banda da Anatel, responsável por apoiar a população durante a migração do sinal de TV das antenas tradicionais (Banda C) para o sinal das antenas digitais (Banda Ku ). O Siga Antenado é formado pelas operadoras Claro, TIM e Vivo, que se sagraram vencedoras dos blocos do leilão nacional de 5G, com licenças para a faixa de 3,5 GHz.

assessoria de imprensa

Leave a Comment