Veja os 7 melhores e como tomá-los

Nem sempre é necessário mudar radicalmente os hábitos ou recorrer a meios caros para aumentar a imunidade. Existem vários fatores que podem contribuir para esse fortalecimento, e focar em uma alimentação saudável é um dos mais importantes. É o caso, por exemplo, dos chás que ajudam a fortalecer o sistema imunológico.

Numa época em que as temperaturas flutuam descontroladamente e os resfriados se repetem, os chás para aumentar o sistema imunológico são uma alternativa barata e fácil de encaixar em sua rotina diária.

Embora nenhuma bebida sozinha faça maravilhas, quando preparadas corretamente e com os ingredientes certos, elas têm um impacto significativo.

Segundo Gisele Hayek, Nutricionista Pós-graduada em Nutrição Clínica Funcional, é importante que o consumo do chá seja feito sob orientação de um profissional para evitar misturas nocivas. Além disso, a combinação de líquidos e alimentos “de verdade” – para mastigar – melhora a absorção de nutrientes.

Ingredientes de reforço imunológico

Dentre as várias ervas, raízes e outros tipos de alimentos que auxiliam o sistema imunológico, alguns se destacam:

Atua contra inflamações, gases, inchaço e até facilita a digestão quando consumido antes de uma grande refeição. Indicado na doença de Crohn e outros distúrbios digestivos. Tem um efeito termogênico. Além disso, por conter gingerol, ajuda em casos de tosse persistente, como a pós-Covid. Contra-indicações: pessoas sensíveis à histamina.

Melhora a saúde do fígado ajudando a estimular o processo de desintoxicação. Desde os tempos antigos, tem sido usado para doenças cardíacas, pois ajuda a diminuir os níveis de colesterol. Tem ação anti-inflamatória, ação antioxidante e é rico em carotenoides que previnem alguns tipos de câncer. Melhora a função da retina. Contra-indicações: mulheres grávidas e lactantes.

É um alimento termogênico que também ajuda a reduzir a necessidade de doces. Pode ser utilizado como coadjuvante no tratamento de transtornos compulsivos, além de proteger e melhorar os processos que regulam o metabolismo do colesterol e triglicerídeos. Também promove o bem-estar psychological. Contra-indicações: mulheres grávidas e lactantes.

Tem efeito antifúngico e antimicrobiano, atuando, por exemplo, em infecções fúngicas recorrentes e candidíase. É uma erva rica em antioxidantes (carvacrol e timol) que reduzem o dano celular e ajudam a reduzir o risco de câncer. Contra-indicações: mulheres grávidas e lactantes.

É antitrombótico, expectorante, anti-hipertensivo, reduz a flatulência e atua contra resfriados mais graves. Contra-indicações: mulheres grávidas e lactantes.

A erva tem fortes propriedades anti-inflamatórias, especialmente para inflamações das membranas mucosas do nariz, sujeitas às condições climáticas. Por conter fósforo e cálcio, torna-se um poderoso alimento para a imunidade. Contra-indicações: Gestantes, lactantes, crianças menores de cinco anos e pessoas que sofrem de refluxo ou azia persistente.

É um indutor do sono, como a erva-cidreira, pois atua nos receptores GABA presentes no sistema nervoso central, que têm função relaxante, por isso é best para usar à noite. Também fortalece o sistema cardiovascular, alivia convulsões e tem efeito protetor contra o câncer. Contra-indicações: mulheres grávidas, lactantes e pessoas que tiveram reações alérgicas à camomila.

Receitas de chá para aumentar a imunidade

1 – chá de gengibre

Ação: alivia os sintomas da tosse.

Ingredientes

  • 3 cm ruivo
  • 500 ml de água

modo de preparo

Decocção de Gengibre para Máxima Extração gingerol (substância para imunidade): ferva um pedaço cerca de 3 cm de gengibre por 10 minutos em 500 ml de água (tape a panela para não evaporar), tampe e deixe fechado por 5-10 minutos e beba.

2 – Chá de Açafrão

Ação: contra resfriados prolongados.

Ingredientes

  • ½ uma colher de chá de açafrão em pó
  • 1 xícara (200 ml) de água
  • Mel, gengibre, limão, cebola, pimenta preta e pau de canela a gosto

modo de preparo

Usar ½ uma colher de chá de pó para 1 xícara (200 ml) de água. Faça o chá na infusão, deixando a água 70°С e adicionando mel e gengibre. Adicione limão com casca, casca de cebola, pimenta-do-reino e paus de canela, se desejar.

Ação: Combate infecções das vias respiratórias.

Ingredientes

  • paus de canela
  • 500 ml de água

modo de preparo

Pode ser usado como base para outros chás para quem tem dificuldade em tomar chá sem açúcar. Ferva um pau de canela por 10 minutos em 500 ml de água (tape a panela para não evaporar), tampe e deixe tampado por 5-10 minutos e beba.

4 – Chá de orégano

Ação: função antifúngica.

Ingredientes

  • 1 colher de chá de orégano
  • 1 colher de chá de cravo
  • 1 pau de canela
  • 1 copo (200ml) água fervida

modo de preparo

Coloque as ervas em 1 xícara (200 ml) de água filtrada fervente, tampe e espere 10 minutos para que a infusão fique pronta.

5 – Chá de alho

Ação: contra dor de garganta.

Ingredientes

  • 2 dentes de alho
  • 250 ml de água

modo de preparo

Ferva cerca de 250 ml de água, descasque 2 dentes de alho, esmague o alho e coloque numa chávena. Adicione água fervente e deixe ferver. Deixe fermentar por cerca de 10 minutos e beba morno.

Ação: tratamento da gripe.

Ingredientes

  • folhas de hortelã esmagadas;
  • 1 xícara (chá) de água fervente
  • mel a gosto

modo de preparo

Despeje água fervente sobre folhas de hortelã picadas ou picadas, tampe e deixe descansar por 5-10 minutos. Coe e adoce com mel.

7 – Chá de Camomila

Ação: Ajuda você a ter uma boa noite de sono.

Ingredientes

  • flores secas de camomila
  • 1 xícara (200 ml) de água

modo de preparo

Despeje água fervente, afogue e deixe por sete a oito minutos. Coe e beba em seguida. Além das flores secas de camomila, você também encontra saquinhos de chá prontos e até óleos essenciais.

Como ir além dos chás para aumentar a imunidade?

A nutricionista Patrícia Alves Soares Lara, especialista em nutrição ortomolecular, lembra que os chás são uma bebida milenar que sempre foi considerada um potente agente curativo. Mas ela faz uma ressalva:

Estudos sobre o poder dos chás mostram que não adianta usar um único ingrediente para tratar a imunidade quando a alimentação é totalmente inflamatória. Não adianta consumir alimentos ricos em açúcar, com muitos corantes, industrializados e achar que o chá vai fazer maravilhas.

Hayek observa que, além de comer de forma saudável e evitar alimentos não nutritivos, também é importante ter uma boa noite de sono.

Leave a Comment